Connect with us

Noticias

Tribunal decreta ressaca como doença e podes faltar ao trabalho.


O tribunal decretou a ressaca como doença e podes faltar ao trabalho. Ir tomar um copo durante a semana pode ser o maior erro que podes cometer, especialmente se beberes demais, porque acordares com ressaca no dia seguinte e ir trabalhar é o próprio inferno. Além disso, deve haver deficiências por conta da bebedeira.

Talvez no nosso país isso seja apenas um sonho, mas na Alemanha é uma realidade, pois um tribunal determinou que a ressaca é uma doença, depois que uma empresa promoveu um complemento que pretendia aliviar os efeitos.

O Tribunal Superior de Frankfurt concluiu que o que o suplemento prometia era um pouco enganador, pois a empresa alegava que os sintomas da ressaca desapareceram completamente.

No entanto, dada a falta de evidências de que isso realmente aconteceu, foi rotulado como “concorrência desleal e enganosa”. Foi o que o tribunal falou em uma declaração: “As informações sobre um alimento não devem atribuir nenhuma propriedade de prevenção, tratamento ou cura a uma doença humana ou dar origem à impressão dessa propriedade.”

“Por uma doença, deve-se entender até pequenas interrupções ou temporárias no estado normal ou na actividade normal do corpo”. Isso, segundo eles, inclui o cansaço, náusea e dores de cabeça comumente associados às ressacas – e que a empresa, que não foi mencionada na decisão, afirmou que seus remédios e pós poderiam curar.

Portanto, o tribunal solicitou que interpretassem a ressaca como uma doença que deve ser tratada como um distúrbio menor ou temporário das condições normais do corpo. Segundo o tribunal, os efeitos da ressaca vão além de algo normal no organismo, embora isso seja causado pelo consumo de álcool. Portanto, pelo menos na Alemanha, a ressaca é uma doença e pode ser um motivo para não comparecer ao trabalho.

A decisão ocorre poucos dias após o início do festival anual de cerveja da Oktoberfest, em Munique. Agora tu sabes, quando a tua cabeça doer depois de beberes a noite toda, não estás de ressaca, estás doente!





Source link

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Noticias

Barraco na Sônia Abrão termina mal e repórter esconde faca às pressas


O programa ‘A Tarde é Sua’, da RedeTV!., conhecido por mostrar polêmicas e até barracos de famosos, superou-se no último dia 14. Quem sintonizava a atração, via o momento em que o empresário José Roberto Barbosa, de 54 anos, voltava para casa. Ele é ex-marido de Pituxita, que trabalhou com Xuxa como Paquita. 

Ao chegar no local, no entanto, o imóvel estava trancado e foi necessário chamar um chaveiro.  Já dentro da casa, José flagrou Pituxita com outro homem. De acordo com informações do site Natelinha, durante a reportagem, o jornalista Alessandro Lo-Bianco, viu o clima esquentar. 

Em dado momento, Alessandro, com medo do que poderia acontecer, chegou a esconder uma faca. O bate boca entre Pituxita e o ex-marido foi sério, como ele explicou em uma entrevista ao colunista Sandro Nascimento. 

“Quando sentimos a movimentação, Roberto já disse: ‘Tem um homem no meu quintal’. Desse momento em diante me mantive mais afastado, pedi para que o cinegrafista desse atenção e cobertura total ao cenário, e tentei entender a situação de forma rápida..”, disse o jornalista na entrevista. 

Na reportagem, José encontra parque do seu estoque completamente quebrado e bagunçado. Ele acabou não ficando na casa, já que a ex-esposa, mesmo não sendo proprietária do imóvel, recusou-se a sair do local. Vale lembrar que Pituxita acusou o ex-marido de agressão, porém foi flagrada por imagens de câmeras de segurança de auto-lesionando.

A justiça teria autorizado a volta de José à casa, mas ainda não respondeu se Pituxita tem mesmo o direito de ficar ali. 





Source link

Continue Reading

Noticias

Filho que procurava o pai descobre que ele trabalha na mesma empresa na secção “perdidos e achados”.


Um filho que procurava o pai descobre que ele trabalha na mesma empresa na secção “perdidos e achados”. O homem de 30 anos procurava o pai há mais de 10 anos.

“O pai dele desapareceu há muito tempo. Ele foi trabalhar de manha e nunca mais voltou para casa.”, disse um amigo.

O homem sofreu por vários anos pela ausência do pai e acabou por descobrir que ele trabalhava na mesma empresa, na secção “perdidos e achados”.

Ele descobriu que era seu pai pelo nome e por ser muito parecido com ele.

O pai admitiu que era seu filho mas não deu qualquer justificação pelo seu desaparecimento.

Nota: Este é um artigo de carácter humorístico/satírico com o objectivo de fazer rir. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade. É meramente ficcional.





Source link

Continue Reading

Noticias

Jovem que procurava o pai descobre que ele trabalha na mesma empresa na secção “perdidos e achados”


Um homem de 30 anos, de França, na semana passada, teve um reencontro inesquecível no seu posto de trabalho.

De acordo com amigos do homem,  ele procurava o pai há mais de 10 anos.

“O pai dele desapareceu há muito tempo. Ele foi trabalhar de manha e nunca mais voltou para casa.”, disse um amigo.

O homem que sofreu por vários anos pela ausência do pai descobriu que ele trabalhava na mesma empresa, na secção “perdidos e achados”.

Ele descobriu que era seu pai pelo nome e por ser muito parecido com ele.

O pai , quando confrontado, admitiu que era seu filho mas não deu qualquer justificação pelo seu desaparecimento.

 




Source link

Continue Reading

Destaque

Copyright © 2019 Zipviral.net