Connect with us

Noticias

Caiu na água e não está dirigindo um carro-anfíbio? E agora?


No geral, o brasileiro está bem acostumado a lidar com situações em que seu carro acaba rodeado de mais água do que deveria. Não importa se você mora em uma cidade grande ou pequena, sempre há a possibilidade de as ruas alagarem quando a chuva cai pra valer. Você provavelmente até já conhece alguns procedimentos básicos para sair dessas armadilhas, mas e em casos mais extremos? Você sabe o que fazer para sobreviver? 

1

A situação aqui vai além daquela em que a água sobe aos poucos, e sua maior preocupação é não estragar o motor do carro. O cenário é de sobrevivência. Aqui, você caiu com seu carro em um rio, lago, mar ou piscina olímpica (vai saber o que você apronta, né?). Pouco importa como você se meteu nessa cilada; o negócio é sair dela o mais rápido possível. 

2

Esqueça o carro. Aí vão 7 dicas para você não naufragar com ele: 

1 – Mergulhe com inteligência 

Não é todo mundo que segue à risca os ensinamentos da autoescola depois de conseguir a habilitação, e nem mesmo a posição mais correta de segurar o volante é respeitada o tempo todo. No caso de um “mergulho” com o carro na água, é importante que você esteja com os braços posicionados como os ponteiros de um relógio às 9h15. Assim, há menos chances de se machucar durante o impacto.

Em carros com airbag, a explosão da bolsa de segurança pode fazer com que suas mãos batam com muita força em seu próprio rosto, caso elas não estejam na posição mais adequada para o momento. Com certeza, essa não é uma boa hora para tomar uma porrada na cabeça e sofrer um desmaio, né? 

3

2 – Sem desespero 

É claro que a situação é ruim, mas ainda não é crítica. Os primeiros 30 segundos são cruciais para a sua sobrevivência, por isso é preciso manter a tranquilidade para pensar e agir com eficiência. Entrar em pânico, quase sempre na vida, só piora as coisas. 

4

3 – Dá tempo 

Apesar de ser uma corrida contra o tempo, não é correndo que você vai vencê-la. Um carro leva de 30 segundos a 2 minutos, normalmente, para afundar. Ou seja, dá tempo de tirar o seu cinto de segurança e o de todas as pessoas que podem estar no carro. Em caso de crianças, solte primeiro as mais velhas. Elas podem ajudar melhor durante o processo, até mesmo para pegar os menores e trazê-las para os bancos dianteiros. 

5

4 – A saída não é pela porta 

A não ser que você tenha uma espécie de carro bíblico, dificilmente ele ficará tempo o suficiente sobre a superfície para que você consiga abrir a porta sem ter que enfrentar a resistência da água. Se você está afundando, pense que sua saída mais rápida é pela janela. 

6

5 – Janelas para a vida 

Depois de se livrar do cinto de segurança, abra a sua janela (e as outras, em caso de mais pessoas) mesmo que isso faça a água entrar mais rapidamente no carro. É melhor que a inundação ocorra de maneira lenta do que de uma vez só, que é o que acontece quando as janelas são abertas apenas quando o carro já está coberto pela água.

7a

Mesmo em carros com vidros elétricos, o sistema deverá funcionar por alguns minutos. Se não, use algum objeto rígido para quebrar as janelas laterais. Se essa também não é uma opção, as ferramentas serão suas pernas e pés. Junte as duas e acerte com força o centro do vidro para abrir o caminho para a liberdade. Não é uma boa ideia tentar tirar o para-brisa, pois ele é muito mais resistente, e você pode acabar se machucando na tentativa. 

7b

6 – Respire fundo na hora certa 

Se tudo deu errado, e você ainda está dentro do carro já debaixo d’água, mais uma vez o segredo é ter calma. Muita calma nessa hora. Agora você terá que esperar a pressão externa se igualar à interna. Como? Deixando a água encher o carro completamente. Apesar de a situação parecer desesperadora, ainda há esperança. 

8

Respire tranquilamente, pois já não há muito ar ali para ser respirado, e deixe para dar uma bela fungada apenas no instante final antes do seu mergulho. Agora sim, é hora de tentar sair pela porta. Com o carro completamente tomado, a resistência da água será um problema menor, mas ainda será um problema. Então, use toda a sua força e abra a porta. Se você não estiver tão zicado assim, ela vai abrir. 

9

7 – Saiba nadar 

Já parece bastante zica se encontrar dentro de um carro debaixo d’água, mas seria ainda mais se você conseguisse abrir a porta e não soubesse nadar. Aí complica… 

10





Source link

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Noticias

Barraco na Sônia Abrão termina mal e repórter esconde faca às pressas


O programa ‘A Tarde é Sua’, da RedeTV!., conhecido por mostrar polêmicas e até barracos de famosos, superou-se no último dia 14. Quem sintonizava a atração, via o momento em que o empresário José Roberto Barbosa, de 54 anos, voltava para casa. Ele é ex-marido de Pituxita, que trabalhou com Xuxa como Paquita. 

Ao chegar no local, no entanto, o imóvel estava trancado e foi necessário chamar um chaveiro.  Já dentro da casa, José flagrou Pituxita com outro homem. De acordo com informações do site Natelinha, durante a reportagem, o jornalista Alessandro Lo-Bianco, viu o clima esquentar. 

Em dado momento, Alessandro, com medo do que poderia acontecer, chegou a esconder uma faca. O bate boca entre Pituxita e o ex-marido foi sério, como ele explicou em uma entrevista ao colunista Sandro Nascimento. 

“Quando sentimos a movimentação, Roberto já disse: ‘Tem um homem no meu quintal’. Desse momento em diante me mantive mais afastado, pedi para que o cinegrafista desse atenção e cobertura total ao cenário, e tentei entender a situação de forma rápida..”, disse o jornalista na entrevista. 

Na reportagem, José encontra parque do seu estoque completamente quebrado e bagunçado. Ele acabou não ficando na casa, já que a ex-esposa, mesmo não sendo proprietária do imóvel, recusou-se a sair do local. Vale lembrar que Pituxita acusou o ex-marido de agressão, porém foi flagrada por imagens de câmeras de segurança de auto-lesionando.

A justiça teria autorizado a volta de José à casa, mas ainda não respondeu se Pituxita tem mesmo o direito de ficar ali. 





Source link

Continue Reading

Noticias

Filho que procurava o pai descobre que ele trabalha na mesma empresa na secção “perdidos e achados”.


Um filho que procurava o pai descobre que ele trabalha na mesma empresa na secção “perdidos e achados”. O homem de 30 anos procurava o pai há mais de 10 anos.

“O pai dele desapareceu há muito tempo. Ele foi trabalhar de manha e nunca mais voltou para casa.”, disse um amigo.

O homem sofreu por vários anos pela ausência do pai e acabou por descobrir que ele trabalhava na mesma empresa, na secção “perdidos e achados”.

Ele descobriu que era seu pai pelo nome e por ser muito parecido com ele.

O pai admitiu que era seu filho mas não deu qualquer justificação pelo seu desaparecimento.

Nota: Este é um artigo de carácter humorístico/satírico com o objectivo de fazer rir. A informação aqui veiculada não corresponde à realidade. É meramente ficcional.





Source link

Continue Reading

Noticias

Jovem que procurava o pai descobre que ele trabalha na mesma empresa na secção “perdidos e achados”


Um homem de 30 anos, de França, na semana passada, teve um reencontro inesquecível no seu posto de trabalho.

De acordo com amigos do homem,  ele procurava o pai há mais de 10 anos.

“O pai dele desapareceu há muito tempo. Ele foi trabalhar de manha e nunca mais voltou para casa.”, disse um amigo.

O homem que sofreu por vários anos pela ausência do pai descobriu que ele trabalhava na mesma empresa, na secção “perdidos e achados”.

Ele descobriu que era seu pai pelo nome e por ser muito parecido com ele.

O pai , quando confrontado, admitiu que era seu filho mas não deu qualquer justificação pelo seu desaparecimento.

 




Source link

Continue Reading

Destaque

Copyright © 2019 Zipviral.net